Onde investir?


#

Um erro básico em investimentos é achar que existe a melhor aplicação, aquela que vai deixa-lo rico da noite para o dia. Não se engane. Fuja de qualquer um que venha com esta receita milagrosa. O que existe é a melhor aplicação para o seu perfil, para o seu objetivo, sua meta. Por isso, antes de colocar a mão no bolso é fundamental refletir sobre seu objetivo e seu perfil como investidor.

Mas veja alguns princípios básicos de investimentos que devem ser comuns a qualquer um que tenha algumas economias:

1- Dinheiro de curto prazo tem que ficar em aplicações conservadoras como poupança ou fundos DI ou papéis do Tesouro. Não importa se a expectativa para a Bolsa é de alta no próximo ano. O dinheiro que você precisará resgatar no prazo de um ano não pode correr riscos. Aliás, o ideal é que você deixe longe de mercados de risco o dinheiro que você tem data para resgatar.

 
2- Só entre na Bolsa depois de conhecer os conceitos desse mercado. Há muita informação disponível hoje. Visite o site da Bovespa www.bovespa.com.br e, principalmente, o da CVM www.cvm.gov.br


3- Quem nunca investiu na Bolsa deve começar aos poucos. Invista uma quantia pequena e depois vá aumentando conforme for se sentido mais confortável com esse mercado.


4- Quanto mais idade você tiver, menor deve ser a sua parcela de investimento na Bolsa.


5- Todo investidor deve ter uma carteira diversificada e isso vale inclusive para imóveis. Carteiras concentradas em imóveis exibem um risco muito alto.


6- Dinheiro para a aposentadoria tem, necessariamente, que contemplar uma parcela de aplicação em ações, pois é um dinheiro de longo prazo e o mercado de ações é muito indicado para esse perfil de investimento.


7- Nunca faça aplicações em mercados que você não conhece os riscos. 


8- Nunca assuma riscos para os quais não está preparado.


9- Nunca aplique o seu dinheiro em “dicas”

10- Desconfie de investimentos de alto retorno e baixo risco, eles simplesmente não existem






Participe desta comunidade, você tem dúvidas sobre finanças pessoais?